skip to Main Content

Empossado em 30 de março deste ano, Tiago Oliveira Silva, que atuava como advogado antes de passar no 1º Concurso Público para Outorga de Delegações de Notas e Registros do Estado da Bahia, já desejava atuar como titular de uma serventia. “Sempre achei o trabalho no cartório interessante, gosto de lidar com esse tipo de atividade, estou na área que sempre chamou minha atenção”, comentou.

O novo delegatário, que dirige agora o Tabelionato de Notas com Funções de Protesto de Títulos de Mairi, declarou quão importante considera o papel dos cartórios extrajudiciais para a sociedade, pois assim “o cidadão tem garantia jurídica naquilo que está se propondo a fazer”.

Segundo o tabelião, o cidadão baiano vai sentir a diferença com a mudança na administração dos cartórios. “A atividade estava carente e desorganizada, sem investimento, o cidadão vai ganhar muito com essa privatização”, encerrou.

Especial – A Era dos Cartórios Privados – Tatiana Miranda Siqueira
Especial – A Era dos Cartórios Privados – Tasmânia da Silva Oliveira Mantiolhe
Especial – A Era dos Cartórios Privados – Ronaldo Silva de Oliveira

Back To Top