skip to Main Content

Com foco na melhoria dos serviços prestados à população, a Tabeliã investe em inovações tecnológicas e formação constante da equipe

No Giro pelas Serventias desta semana, o Colégio Notarial do Brasil – Seção Bahia (CNB/BA) divulga entrevista com a tabeliã titular do Tabelionato de Notas com função de Protesto de Formosa do Rio Preto, Valéria Tanús Pereira Lopes, que é também membro do Conselho de Ética do CNB/BA.

Em 9 de agosto de 2017, a tabeliã de notas e protesto, Valéria Tanús Pereira Lopes, assumiu a serventia, que fica no município mais distante da capital do estado. Desde então, busca atender às atualizações e tecnologias aplicadas nos sistemas de prestação dos serviços notariais.

“Busco adequar o tabelionato para que receba as inovações do meio e para que a minha equipe esteja sempre atualizada e apta a prestar os serviços de forma segura, eficiente, cordial e célere”, conta Lopes.

A tabeliã explica que “o foco atual é a preparação do cartório para atender a todas as inovações tecnológicas e determinações legais para a prestação dos serviços com segurança das informações, e especial atenção para integrar o cartório à rede Blockchain dos Tabelionatos de Notas, bem como a digitalização de todo o acervo e atualização dos índices, com a finalidade de manter a segurança e integridade dos dados”.

Em relação ao atendimento ao público, a notária ressalta que foram feitos vários investimentos com informatização e organização do acervo dos cartórios. Além disso, a mudança das instalações da serventia, do Fórum para um imóvel locado, também foi fundamental para dar um salto de qualidade nos serviços prestados. “A estrutura física do cartório era precária, funcionava em uma pequena sala do fórum, que mesclava o depósito do acervo e o atendimento ao público. Hoje, os usuários dos serviços do Tabelionato de Formosa do Rio Preto contam com atendimento em sala climatizada, local para espera com cadeiras suficientes para que todos possam aguardar sua vez com conforto”, descreve.

A equipe que atende os cidadãos de Formosa do Rio Preto é composta por seis colaboradores, que são preparados diariamente, pela tabeliã titular, com orientações sobre suas atribuições, confecção dos atos, atualização legislativa e os serviços prestados à população. “Não perco a oportunidade de levar à equipe livros com doutrina atualizada e cursos para o constante aprendizado”.

Por fim, a tabeliã destaca que a serventia atende, diariamente, os usuários em busca de orientações jurídicas relacionadas à regularização de imóveis urbanos e rurais. “Já busquei, junto ao município, a efetivação da regularização fundiária pela prefeitura, mas infelizmente, ainda não foi implantada. Assim, àqueles que desejam regularizar seus imóveis, a orientação, por enquanto, é que precisam recorrer ao procedimento da usucapião e, quando possível, extrajudicial”, justifica.

Fonte: CNB/BA

 

Back To Top