Especial – A Era dos Cartórios Privados – Renato Garcia

O 1º Concurso Público para Outorga de Delegações de Notas e Registros do Estado da Bahia foi a grande oportunidade para quem pretendia ingressar na carreira extrajudicial. Esse é o caso de Renato Garcia, o novo Oficial do Cartório de Registro Civil com Funções Notariais do Distrito de São José da Vitória, que se dedicou aos estudos para ser aprovado no certame. “Conheci a área extrajudicial e fiquei muito entusiasmado em estudar o Direito”, disse.

O novo delegatário se interessou em prestar o concurso devido ao grande número de vagas e porque este foi o primeiro concurso após a privatização dos cartórios baianos. Para ele, os delegatários que chegam para assumir as serventias disponíveis estão muito empenhados em prestar um bom serviço.

Renato Garcia ainda destaca que os cartórios extrajudiciais têm grande importância, dada a capacidade de desafogar as demandas do Poder Judiciário. Além disso, as serventias têm enorme função social. “São José da Vitória fica a cerca de 40 quilômetros de distância da Capital, iremos atender um público de pessoas bem simples, que precisa de gentileza. Gentileza gera gentileza”, explicou.

Últimos posts

Comece a digitar e pressione Enter para buscar