Temas da XXI Jornada Notariado Jovem do Cone Sul são divulgados

Evento ocorre paralelamente ao XXIV Congresso Notarial Brasileiro na Bahia entre agosto e setembro e tem inscrições de trabalho abertas

A “Contratualização do direito de Família, planejamento sucessório e a atividade notarial no século XXI” e as “Novas atribuições e tecnologia: o futuro da atividade notarial” foram escolhidos como temas da XXI Jornada Notariado Jovem do Cone Sul, que ocorre entre os dias 29 de agosto e 1º de setembro na Praia do Forte, na Bahia.

A Jornada, que ocorre paralelamente ao XXIV Congresso Notarial Brasileiro na Bahia, quer estimular a participação de jovens notários para a troca de experiência entre “os colegas de diversos países”. Desta edição, participarão notários da Argentina, Uruguai e Paraguai – como países-membros do Cone Sul – e da Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, México e Peru – como países convidados.

O tema 1, “Contratualização do direito de Família, planejamento sucessório e a atividade notarial no século XXI”, terá como coordenadora internacional Talita Seiscento Baptista e como coordenadora nacional Caroline Mirandoli.

Segundo a organização, o assunto foi escolhido porque “a nova configuração das famílias no século XXI, com maior abrangência do princípio da autonomia privada, buscando a felicidade e o bem comum tem por base a vontade de constituir e permanecer em uma família em razão do afeto e da solidariedade, fazendo com que o direito tenha que garantir a possibilidade dos indivíduos de se autorregularem e decidirem como estruturar a família patrimonialmente”.

Já o segundo tema definido, “Novas atribuições e tecnologia: o futuro da atividade notarial”, terá como coordenadores: Henrique Siqueira, para internacional, e Patrícia Presser, para nacional.

Segundo os organizadores, “a atividade notarial não pode estar alheia as mudanças tecnológicas que estão ocorrendo”. “Essa sociedade já não tolera ineficiência, assimetrias informativas, procedimentos burocráticos, sem sentido. O tempo passou a ser o bem mais precioso do ser humano. A agilidade na resolução de problemas é o fator que implica continuidade de qualquer atividade que atua na economia. Uma das missões dos notários é antever o que poderá acontecer na realidade da vida e dos negócios nas próximas décadas”, destacam.

Os interessados em apresentar seus trabalhos deverão enviá-los por e-mail para o endereço notariadojovembrasil@gmail.com – em formato Word e PDF, com um pseudônimo na capa do trabalho –  até o dia 15 de julho de 2019.

Ainda de acordo com as regras, os autores deverão estar inscritos na Jornada e apresentarem oralmente o trabalho para participarem da premiação, sendo que o tempo de duração da exposição do trabalho será de, no máximo, 15 minutos.

Os trabalhos serão julgados por uma comissão independente e serão premiados os dois melhores trabalhos de cada tema.

Clique aqui e veja todas as regras.

Últimos posts

Comece a digitar e pressione Enter para buscar