Clipping – Terra – Tabeliães discutem futuro da atividade notarial em congresso na Bahia

Tão antiga quanto a própria sociedade, a atividade notarial passa por profundas transformações devido às inovações tecnológicas. Assim como qualquer outra categoria profissional, o notariado deve se adaptar aos novos tempos para oferecer um serviço cada vez mais relevante ao cidadão.

É para debater este cenário que os tabeliães do País estarão reunidos, de 29 de agosto a 1° de setembro, no XXIV Congresso Notarial Brasileiro. Organizado pelo Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil (CNB), o evento acontece no Iberostar Bahia, na Praia do Forte, e contará com a presença de palestrantes como o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux; o diretor do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Ricardo Liáo; a candidata à presidência da União Internacional do Notariado, Cristina Armella; o secretário geral de Desburocratização, Paulo Uebel; o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo de Tarso Sanseverino; e o juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, Jorsenildo Dourado do Nascimento (clique aqui para ver todos os palestrantes). “É fundamental discutirmos, juntos, os rumos da nossa atividade profissional. Já fizemos muitas adequações aos novos tempos, como a entrada dos tabelionatos na era digital por meio do e-notariado, nossa plataforma de serviços online. Mas é preciso estar em permanente debate para acompanhar as transformações do mundo”, destaca o presidente do CNB/CF, Paulo Roberto Gaiger Ferreira.

A abertura oficial do congresso será às 19h da quinta-feira, dia 29 de agosto, com a palestra magna do ministro Luiz Fux, cujo tema será “O Notário como Protagonista do Futuro”. Entre os assuntos que serão debatidos nos painéis estão a inteligência artificial e seus impactos na atividade notarial, as adequações dos tabelionatos à Lei Geral de Proteção de Dados e o papel do notariado no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro. Já os workshops abordarão temas como os reflexos tributários dos atos notariais e a redação de escrituras públicas. A programação do XXIV Congresso Notarial Brasileiro ainda inclui um encontro paralelo: a XXI Jornada do Notariado Jovem do Cone Sul, que terá abertura oficial às 14h do dia 29 de agosto.

Sobre o Conselho Federal do Colégio Notarial Brasileiro (CNB)

Organizador do XXIV Congresso Notarial Brasileiro, o CNB é uma entidade sem fins lucrativos que representa, perante o poder público e a sociedade, os cerca de nove mil tabeliães de notas e protestos do País. O principal objetivo do Conselho Federal do CNB é colaborar para o aperfeiçoamento dos serviços notariais no Brasil, estimulando a união, a postura ética e o desenvolvimento dos notários – profissionais do Direito que formalizam atos jurídicos e auxiliam no cumprimento da lei. Entre as principais atividades desenvolvidas pelo CNB estão a criação e gestão do e-notariado, uma plataforma online de serviços elaborada para facilitar a vida do cidadão (saiba mais aqui); a desburocratização de atos como o apostilamento de documentos, o usucapião extrajudicial, a mediação e a conciliação; e as iniciativas de apoio aos órgãos de fiscalização e às autoridades que atuam no combate à corrupção e lavagem de dinheiro no Brasil.

Fonte: Terra

Últimos posts

Comece a digitar e pressione Enter para buscar