Giro pelas Serventias: 1º Ofício de Notas de Salvador

Confira entrevista com a tabeliã Cláudia da Silva e Souza

Em abril deste ano, a tabeliã Cláudia Carvalho da Silva e Souza assumiu o Tabelionato do 1º Ofício de Notas de Salvador e promoveu mudanças nos serviços oferecidos pela serventia, como o apostilamento de documentos, a comunicação de vendas de veículos ao Detran e o serviço de certificação. Em entrevista para o Colégio Notarial do Brasil – Seção Bahia (CNB/BA), ela destacou que pretende realizar modificações tanto na estrutura do ambiente quanto na prática do serviço.

“Em relação à tecnologia, o intuito é aperfeiçoá-la ainda mais para poder realizar atos eletrônicos com segurança e agilidade. Dentre essas inovações, estão a realização de atos eletrônicos, como a autenticação de documentos, reconhecimento de firmas e outros atos por meio digital, como ocorre em outros Estados e já previsto no Provimento 009/2013”, ressaltou a tabeliã.

Atualmente, a equipe do 1º Ofício de Notas é composta por dez colaboradores. Mas o objetivo é aumentar o quadro com funcionários efetivos e abrir oportunidades para os estagiários da área de Informática, Direito e Administração.

Outro foco da tabeliã é capacitar os funcionários com a promoção de cursos, palestras e seminários, além de firmar convênio com universidade. “No momento, estamos na fase inicial de tratativas com uma faculdade para formalizar um convênio, objetivando fomentar o ingresso dos colaboradores em curso superior, pós-graduação e mestrado”.

Em sua gestão, a tabeliã quer contribuir para o aperfeiçoamento do serviço prestado aos usuários com foco na agilidade e na qualidade do serviço. “Nossos valores éticos são transparência, qualidade e compromisso com a segurança jurídica dos atos praticados, foco em resultado, no usuário, no incremento dos negócios jurídicos, na responsabilidade social e ambiental e no desenvolvimento e valorização profissional”.

Disponibilizar vagas de estacionamento público para deficientes e idosos que utilizam os serviços notariais é outra meta da notaria. “A escolha da localização do 1º Ofício teve como ponto primordial a facilidade do acesso a todos os usuários. Foi instalado no térreo rampa de acesso, banheiros para deficientes e cadeiras de rodas para pessoas com dificuldade de locomoção”. O próximo passo, segundo ela, será oferecer vagas em estacionamento para idosos e deficientes.

Recommended Posts

Comece a digitar e pressione Enter para buscar