CGJ/BA: Corregedor das Comarcas do Interior institui campanha Natalina

A Corregedoria das Comarcas do Interior do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA), liderada pelo Desembargador Emílio Salomão Resedá, em parceria com entidades que representam serventias extrajudiciais, realizará uma ação social, visando a arrecadar brinquedos para as crianças que se encontram acolhidas no interior do Estado.

A Bahia possui 106 entidades de acolhimento institucional, nas quais vivem 1481 crianças e adolescentes. Parte desse contingente encontra-se acolhido em instituições localizadas nas diversas comarcas de entrâncias inicial e intermediária, e desta, número considerável não possui vínculos familiares, em virtude do abandono ou da existência de fatores que desaconselham a manutenção de laços de família.

Atenta a esta realidade, a Corregedoria das Comarcas do Interior, voltada para o Projeto de maior relevância do Órgão, na área, o “Infância Protegida”, instituiu uma nova ação, ora denominada “Natal Extraordinário”, consonante com a necessidade de identificar novas alternativas para as questões relacionadas aos acolhidos em instituições e que envolvam toda a sociedade, decidindo contemplar, através da referida ação, as Comarcas alcançadas pela sua competência regimental.

Constitui a ação “Natal Extraordinário”, na parceira com entidades de representação dos Extrajudiciais, objetivando a arredação e distribuição de brinquedos e é realizada nas proximidades dos festejos natalinos, cujo momento é oportuno para acentuar o espírito de solidariedade e fraternidade entre as pessoas, tendo a intenção maior de proporcionar às crianças e adolescentes acolhidos, um Natal de especial alegria, renovando a esperança no coração de cada um deles.

A coleta e a entrega dos presentes acontecerá nas datas a serem divulgadas oportunamente, ao lado de confraternização festiva, comemorando, assim, o Natal com muita alegria, diversão e entretenimento.

Em reunião preparatória realizada em nesta segunda-feira (5/11), na Corregedoria do TJBA, foi apresentada a marca da campanha e traçadas diretrizes para a ação. Estiveram presentes, o Corregedor das Comarcas do Interior, Desembargador Emílio Salomão Resedá; e os Representantes: Otávio Câmara de Queiroz, da Associação dos Notários e Registradores (Anoreg-BA); Danielde Oliveira Sampaio, da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-BA); Gierck Guimarães Medeiros, do Instituto Baiano de Registradores (IBATDPJ); Nilton Barbosa, do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil (Iribi-BA); João Borges Hegouet Neto, do Colegio Registral Imobiliário da Bahia (Cori); Eden Márcio Limas de Almeida, do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos da Bahia (IEPTB-BA); Luciana Cristina Minaré Pereira, da Associação de Titulares de Cartórios do Estado da Bahia (ATC-BA); Emanuelle Perrota, Colégio Notorial do Brasil (CNB-BA); e Andréa Maria Pinhate, da Associação de Registradores da Bahia (Ariba).

Fonte: CGJ/BA

Últimos posts

Comece a digitar e pressione Enter para buscar